NetJets

A NetJets criou um Oceano Azul em propriedades fracionadas de aeronaves. Hoje em dia, a NetJets é uma empresa de vários bilhões de dólares com a maior frota privada de jatos no mundo – mais de setecentas aeronaves voando em 170 países.

A NetJets observou que os viajantes a negócios, que representam a massa mais lucrativa de clientes na indústria aérea, tinham duas opções principais: eles poderiam voar na classe executiva ou na primeira classe de uma linha comercial, ou a empresa poderia comprar sua própria aeronave para atender às necessidades de viagens corporativas.

As viagens comerciais evitam os altos investimentos fixos e adiantados de uma aeronave a jato de vários milhões de dólares. Além disso, a empresa compra somente o número de passagens corporativas de que ela precisa por ano, reduzindo os custos variáveis e diminuindo a possibilidade de haver tempo de viagem aérea inutilizado, como acontece quando se é dono de jatos corporativos. Por outro lado, as corporações compram jatos privados para cortar drasticamente o tempo total das viagens, aliviar o incômodo de aeroportos congestionados, permitir viagens sem escalas e ter o benefício de tornar os executivos mais produtivos e energizados, podendo começar a trabalhar assim que chegarem ao destino.

Para criar um Oceano Azul, a NetJets utilizou esses distintos pontos fortes. O resultado foi o novo espaço de mercado de propriedades fracionadas de aeronaves. Aqui os clientes não compram um jato definitivamente. Eles compram apenas uma pequena fração dele. Assim, os compradores obtêm a conveniência de um jato privado com o preço de uma viagem em linhas comerciais. As aeronaves menores da NetJets, o uso de aeroportos regionais menores e a equipe limitada mantêm os custos ao mínimo. Com o serviço sem escalas e um aumento exponencial no número de aeroportos em que se pode pousar, não há transferências de voos; as viagens que normalmente necessitariam mais de um dia agora poderiam ser completadas em um único dia. O tempo do seu carro até a decolagem é medido em minutos, em vez de horas. E talvez o mais atraente, seu jato sempre estará disponível com apenas quatro horas de aviso prévio. Se o jato não estiver disponível, a NetJets fretará um para você. Por último, mas não menos importante, a NetJets reduz drasticamente os problemas relacionados com ameaças de segurança e oferece aos clientes um serviço de bordo personalizado.

Ao oferecer o melhor em viagens comerciais e jatos privados, e, ao eliminar e reduzir todo o resto, a NetJets abriu um Oceano Azul multibilionário onde os clientes recebem a conveniência e a agilidade de um jato privado somado a um custo fixo baixo e a um custo variável ainda mais baixo do que em viagens na classe executiva e na primeira classe de linhas aéreas comerciais. Agora, quase 30 anos mais tarde, a participação da NetJets no Oceano Azul que ela mesma descobriu ainda permanece sendo cinco vezes maior que a de seu concorrente mais próximo.

Conforme o estudo de caso da NetJets mostra, podem-se obter insights sobre novos espaços de mercado mudando o foco de uma organização fazendo-a exergar além dos limites definidos na indústria, em vez de competir dentro desses limites.

Iniciativas Estratégicas dos Oceanos Azuis

Blue ocean strategy is based on over decade-long study of more than 150 strategic moves spanning more than 30 industries over 100 years. The research of W. Chan Kim and Renée Mauborgne focused on discovering the common factors that lead to the creation of blue oceans and the key differences that separate those winners from the mere survivors and those adrift in the red ocean.The database and research have continued to expand and grow over the last ten years since the first edition of the book was published and the strategic moves we studied depict similar patterns, whether blue oceans were created in for-profit industries, non-profit organizations, or the public sector.

Temos alguns exemplos de iniciativas estratégicas de Oceano Azul em várias organizações e setores diferentes. Selecione os ícones abaixo para saber mais.

Estudo de Caso da Bloomberg Financial News
Estudo de Caso da Estratégia do Oceano Azul da Canon
Estudo de Caso da Estratégia do Oceano Azul da Cemex
Estudo de Caso da Estratégia do Oceano Azul do Cirque du Soleil
Estudo de Caso da Estratégia do Oceano Azul da Curves
Estudo de Caso da Estratégia do Oceano Azul do Modelo T da Ford
Estudo de Caso da Estratégia do Oceano Azul do iTunes
Estudo de Caso da Estratégia do Oceano Azul da JCDeaux
Estudo de Caso da Estratégia do Oceano Azul da NetJets
Estudo de Caso da Estratégia do Oceano Azul da Novo Nordisk
Estudo de Caso da Estratégia do Oceano Azul do Departamento de Polícia de Nova York
Estudo de Caso da Estratégia do Oceano Azul do Peirce College
Estudo de Caso da Estratégia do Oceano Azul da Philips
Estudo de Caso da Estratégia do Oceano Azul da QBHouse
Estudo de Caso da Estratégia do Oceano Azul da Quicken
Estudo de Caso da Estratégia do Oceano Azul da Polo Ralph Lauren
Estudo de Caso da Estratégia do Oceano Azul do Viagra
We use cookies to ensure you get the best experience on our website and continuing implies your consent - Read our full cookie policy Okay, don’t show me again