Cirque du Soleil

O Cirque du Soleil é um fenômeno mundial. Ele criou um Oceano Azul de novo espaço de mercado. Sua iniciativa estratégica de Oceano Azul desafiou as convenções da indústria de circo. As produções do Cirque foram assistidas por mais de 150 milhões de espectadores em mais de 300 cidades no mundo. Em menos de vinte anos desde a sua criação, o Cirque du Soleil atingiu um nível de receitas que Ringling Bros. e Barnum & Bailey, ex-campeões mundiais na indústria de circo, levaram mais de cem anos para conseguir.

O que torna esse rápido crescimento ainda mais notável é que ele não foi conquistado em uma indústria em declínio, onde a análise estratégica tradicional indicava um potencial limitado de crescimento. O poder por parte dos artistas era forte. Assim como o poder dos compradores. Meios alternativos de entretenimento, desde vários tipos de entretenimento urbano ao vivo até eventos esportivos e entretenimento doméstico, lançavam uma sombra cada vez maior. As crianças preferiam jogos eletrônicos a uma visita ao circo itinerante. Parcialmente, como resultado, a indústria estava sofrendo com a diminuição constante de público e, por sua vez, com a redução de receitas e lucros. Também havia um movimento cada vez maior contra o uso de animais em circos, que era incentivado por grupos de direitos dos animais. Ringling Bros. e Barnum & Bailey estabeleceram o padrão, o qual era seguido por circos menores com versões em escalas menores. A partir de uma perspectiva estratégica baseada em concorrência, a indústria de circo parecia pouco atraente.

Outro aspecto interessante do Cirque du Soleil é que ele não obteve sucesso roubando clientes da já retraída indústria de circo, que historicamente é voltada para as crianças. Em vez disso, ele criou novos espaços de mercado inexplorados que tornavam a concorrência irrelevante. Ele atraiu um novo grupo de clientes: adultos e clientes corporativos dispostos a pagar um preço várias vezes superior ao de circos tradicionais por uma experiência de entretenimento sem precedentes. Propositalmente, uma das primeiras produções do Cirque foi intitulada "Nós reinventamos o circo".

O Cirque du Soleil obteve sucesso porque percebeu que, para vencer no futuro, as empresas deveriam parar de competir em Oceanos Vermelhos. Em vez disso, elas precisavam criar Oceanos Azuis de novos espaços de mercado inexplorados e tornar a concorrência irrelevante. Um estudo de caso profundo sobre a iniciativa estratégica de oceano azul do Cirque du Soleil pode ser acessado aqui.

Iniciativas Estratégicas dos Oceanos Azuis

Blue ocean strategy is based on over decade-long study of more than 150 strategic moves spanning more than 30 industries over 100 years. The research of W. Chan Kim and Renée Mauborgne focused on discovering the common factors that lead to the creation of blue oceans and the key differences that separate those winners from the mere survivors and those adrift in the red ocean.The database and research have continued to expand and grow over the last ten years since the first edition of the book was published and the strategic moves we studied depict similar patterns, whether blue oceans were created in for-profit industries, non-profit organizations, or the public sector.

Temos alguns exemplos de iniciativas estratégicas de Oceano Azul em várias organizações e setores diferentes. Selecione os ícones abaixo para saber mais.

Estudo de Caso da Bloomberg Financial News
Estudo de Caso da Estratégia do Oceano Azul da Canon
Estudo de Caso da Estratégia do Oceano Azul da Cemex
Estudo de Caso da Estratégia do Oceano Azul do Cirque du Soleil
Estudo de Caso da Estratégia do Oceano Azul da Curves
Estudo de Caso da Estratégia do Oceano Azul do Modelo T da Ford
Estudo de Caso da Estratégia do Oceano Azul do iTunes
Estudo de Caso da Estratégia do Oceano Azul da JCDeaux
Estudo de Caso da Estratégia do Oceano Azul da NetJets
Estudo de Caso da Estratégia do Oceano Azul da Novo Nordisk
Estudo de Caso da Estratégia do Oceano Azul do Departamento de Polícia de Nova York
Estudo de Caso da Estratégia do Oceano Azul do Peirce College
Estudo de Caso da Estratégia do Oceano Azul da Philips
Estudo de Caso da Estratégia do Oceano Azul da QBHouse
Estudo de Caso da Estratégia do Oceano Azul da Quicken
Estudo de Caso da Estratégia do Oceano Azul da Polo Ralph Lauren
Estudo de Caso da Estratégia do Oceano Azul do Viagra
We use cookies to ensure you get the best experience on our website and continuing implies your consent - Read our full cookie policy Okay, don’t show me again